domingo, 22 de maio de 2011

Nota do Partido Verde sobre a intenção de venda do Bosque "Parque Jacarandá" pelo Prefeito

Foto: Israel Garcêz / Blog Imagens do Dia
Diante das recentes informações veiculadas pela imprensa, mostrando a intenção de venda do Bosque “Parque Jacarandá” para a iniciativa privada, já assumida pelo Prefeito, o Partido Verde solicitará à Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara Municipal de Uberaba, através de seu Presidente, Vereador Ripposati-PSDB e Vereadores Borjão-PMDB, José Severino-PT e Samuel Pereira-PR, uma Audiência Pública para debater, aprofundar e encaminhar propostas sobre o tema, ouvindo os diversos segmentos da comunidade uberabense.

O Bosque Jacarandá é um patrimônio ambiental público, fundamental para a sociedade uberabense, e vital para a flora e fauna existentes na mata nativa e no zoológico municipal, que precisa ser revisto, este último, tanto em conceito quanto em infra-estrutura e localização.

Quanto ao valor imobiliário do bosque ele não pode sobrepor-se ao valor ambiental e natural. Inserir esta área ao empreendimento privado é tirar do cidadão uberabense o direito de usufruir um bem comum e restringir seu acesso ao comprador do imóvel, caso se concretize tal negociação.

Em reportagem de Gisele Barcelos de 28 de maio de 2009, veiculada pelo Jornal da Manhã, a então gerente executiva da UGP do “Água Viva”, Ana Luiza Bilharinho, cita nascente localizada no Bosque Jacarandá, alertando que “estamos analisando por que a água está sumindo abaixo da pista. Precisamos de ação conjunta com a Secretaria de Meio Ambiente”. A matéria tratava sobre espelho d’água previsto no início do Parque da Cidade, oriundo da nascente citada. Portanto, o assunto é sério, complexo e merece maior atenção das autoridades.
O “descaso” com o bosque vem sendo divulgado há vários anos pela imprensa local e em redes sociais, como os blogs “Imagens do Dia” e "Olho Vivo" de Israel Garcêz, membro da Executiva do PV-Uberaba.

O advogado Marco Antonio de Figueiredo, Secretário de Comunicação da Executiva do PV-Uberaba e morador nas proximidades do parque, destaca: “falar do local sem presenciar diariamente o que acontece lá é muito fácil. Querer manter o local da forma que está é destruir com crueldade as árvores, gramíneas, orquídeas, e os animais que ali vivem”. E também alerta que “o local é frequentado por alguns marginais que se infiltram entre a população, fazendo uso de drogas”.

Uma política para as áreas verdes do município sejam rurais ou urbanas, como o cinturão verde, já proposto em lei, como bem lembrou Lélio Cipriani, membro da Executiva do PV e assessor do Vereador Itamar-DEM, assim como o uso e ocupação do solo de modo sustentável e em harmonia com a natureza, parques naturais, áreas de preservação permanente e ambiental, corredores ecológicos interligando propriedades rurais, reservas legais, e programas de incentivo à preservação do cerrado, carecem de apoio.
Vale lembrar que os animais estão se refugiando, cada vez mais, nas áreas verdes urbanas em decorrência da destruição de seu habitat natural, com anuência e omissão de certas autoridades políticas.

É importante sim, a aquisição de novas áreas verdes, bem como a criação de novos parques e UCs – Unidades de Conservação, sem, no entanto abrir mão daquelas já consolidadas.

Finalizando, qualidade de vida passa necessariamente pela inter-relação Homem e Natureza, crescendo, em âmbito mundial, a consciência pelo desenvolvimento sustentável e agregação de valores aos recursos naturais e da biodiversidade, como premissa de uma sociedade evoluída. Resta saber se em âmbito municipal esses mesmos valores estão sendo respeitados ou menosprezados.

Uberaba, 22 de maio de 2011

Carlos Perez (Cacá)
P/ Comissão Executiva Municipal Provisória do Partido Verde – Uberaba
Contato: pv.uberaba@uol.com.br e pv.uberaba@hotmail.com

4 comentários:

Jose Eduardo disse...

Dia 28/05/2011 iremos dar um abraço simbolico no Bosque a partir das 14:00 hrs. Essa iniciativa é popular e esperamos contar com o apoio do Partido Verde, assim como de varios vereadores que iremos contatasr.
Abraços.

Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Cacá, meu amigo, o verde da cidade e das regiões rurais são patrimônias da vida e necessitam estar sob controle público... se não conseguimos manter a lei, privatizar é entregar ao desmatamento e ao ocaso existencial nossos ecossistemas.
Um bem público é um bem que precisa ser social...
Abraços com carinho; Jorge Bichuetti

Carlos Perez disse...

Pode contar com o PV José Eduardo. Iremos solicitar uma Audiência Pública na Câmara para discutirmos melhor a questão do Parque Jacarandá.
Agradeço a vc também, Jorge, pelo apoio sempre e sábias afirmações. Cada vez mais o "ocaso" vai determinando o começo do fim, assim como o que está para acontecer com o Código Florestal, infelizmente. Abraços a todos.

Anônimo disse...

PUXA VIDA !
PARABENS A TODOS !
SOMENTE ASSIM COM ESTAS ATITUDES QUE REALMENTE PODEMOS MUDAR A DEGRADAÇÃO AMBIENTAL NO NOSSO PAÍS . NÃO É COM REZA , NÃO É BOM BLA BLA BLA ...
PARABENS A TODOS ! ESTAREI CONVOCANDO MEU MENINOS DO GRUPO DE ESCOTEIRO INCONFIDENTES PARA PARTICIPAR DESTE ABRAÇO AO BOSQUE ! FICO EMOCIONADO E PEÇO DESCULPAS AS PESSOAS NAO QUAL CHEGUEI A DUVIDAR SUA LUTA PELA CAUSAS AMBIENTAL . SEMPRE FALO E SEMPRE FALAREI PRECISAMOS NOS UNIR E DAR A CARA PARA COM OS CRIMES AMBIENTAIS ... OBRIGADO A TODOS !
Celso PROVENZANO

Charge do Toninho

Charge do Toninho

"AQUILO QUE NÃO PODES CONSERVAR NÃO TE PERTENCE"

Excelente frase divulgada na coluna FALANDO SÉRIO de Wellington Ramos do JM. Espero que muitos ruralistas e políticos a tenham lido.