quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Ex-presidente do PV contra-ataca e garante que partido existia - JM


Ex-Presidente do PV, Cacá Perez, expõe documentos comprovando atividade institucional, social, ambiental e cultural do partido - Foto: Jairo Chagas - JM

Em mais um episódio da reviravolta no comando do PV local, agora é o ex-presidente do partido, Carlos Perez, o Cacá, quem vem a público contestar a informação de seu sucessor de que a Executiva do partido não existia. Ele admite que o grupo então eleito em 5 de fevereiro deste ano não viu homologado o resultado da convenção realizada no município, mas desde então – até a tomada da agremiação pelos novos dirigentes liderados por Vicente Araújo Neto – trabalhou e muito pelo partido.

“Nós existíamos de fato”, desabafa Cacá, acrescentando que são 14 as reuniões registradas em ata, além de inúmeros eventos externos. Nada disso foi o bastante para impedir a mudança de mãos, já que, segundo o ex-presidente, desde a convenção que elegeu os então dirigentes do PV, que eles foram alvo de quatro tentativas de destituição, inclusive dos novos verdes. O agora tucano revela que durante esses seis meses encaminhou toda a documentação dos integrantes da executiva para que ela fosse devidamente homologada pelo comando estadual, o que não aconteceu.

(...)“Eu já havia dito que se houvesse um golpe sairia do partido. Ideologicamente desacreditei do PV, porque nós que fizemos uma ação programática, não tivemos valor” (...).
Fonte: Jornal da Manhã
 
Comentário: Estive ontem com a jornalista Renata Gomide no Jornal da Manhã, levando a público os documentos do Partido Verde que ainda estão em minhas mãos, como atas, editais, publicações na imprensa, ações da antiga executiva, e-mail da executiva estadual, e comprovante do correio de envio dos documentos solicitados pela estadual de 13 de maio de 2011, aguardando homologação no TSE, abrindo brecha para que outros grupos políticos se articulassem.
 
Quero aqui registrar o pedido de desculpas do companheiro e ambientalista Celso Provenzano, postado em nosso blog, do qual espero continuarmos juntos na defesa da sustentabilidade e da justiça ambiental, pois há muito por se fazer pela causa verde, que não é privilégio desse ou daquele partido, mas de todos.
 
Cacá Perez
Ambientalista e artista, recém filiado ao PSDB.

2 comentários:

Anônimo disse...

Cacá !
Agora nao é hora de brigarmos sempre tive como um irmão mais velho mas tambem tenho minhas opiniões formadas mesmo assim mais uma vez venho a publico pedir desculpas pela minha opinião acho que deveria ficar entre eu e voce mas errei em confiar nos outros .
Mas Cacá ficarei no PV somente para vistoriar as atitudes desta Executiva quero ver o que se passa e quais são suas metas e objetividade perante a este partido vamos continuar denunciando vamos continuar cobrando a legislação ambiental e se nao houver a participação do PV nestas brigas eles a nova executiva vai arrumar briga comigo .
Grande abraço e seja feliz no PSDB acho que é o Partido do Lerim que por sinal é meu grande parceiro amigo do Fabricio Sport Club.
Parabens e vamos continuar na mesma sem magoas por favor pois para mim este episódio já acabou é passado !
Celso PROVENZANO

Carlos Perez disse...

É isso aí Celso. Mágoas não nos levam a lugar algum. O Lerin é do PSB. O Ripposati é que é do PSDB, do qual recebemos, eu e o Lourival, o convite para nos filiarmos, do qual sou mto grato. Ele também foi do PV e passou pelas mesmas situações que estamos passando, e causadas pela mesma pessoa do PV Estadual, é mole? Mas bola pra frente. Vamos trazer o Bolsa Verde pra Uberaba, do governo estadual, e ajudarmos os produtores rurais a preservar as APPs e RL com recursos financeiros, pois só impor leis sem dar incentivos não dá né. Saudações ambientalistas. Cacá tucano...rs.

Charge do Toninho

Charge do Toninho

"AQUILO QUE NÃO PODES CONSERVAR NÃO TE PERTENCE"

Excelente frase divulgada na coluna FALANDO SÉRIO de Wellington Ramos do JM. Espero que muitos ruralistas e políticos a tenham lido.