domingo, 26 de dezembro de 2010

Pequena Mensagem para o Ano Novo

Queridos companheiros e amigos do Voz do Cerrado.
Lembrando da vida de Jesus podemos dizer que ele foi um revolucionário para sua época, e ainda o é.
Poucos o entenderam. Muitos o crucificaram.
Sua mensagem de amor e caridade tentou ser abafada pelo rancor e pela ganância.
Aqueles representantes do Poder, que se julgavam os donos da verdade, na época, hoje ficaram para a história como verdadeiros algozes.
Hoje, também, os representantes do Poder, não só se julgam os donos da verdade como muitos até se julgam o próprio Deus.
As vozes que tentam sensibilizar os todo-poderosos, sejam da política, do capital, dos empreendimentos que depredam o meio ambiente e subjugam pessoas, também estão sendo abafadas, atropeladas, massacradas.
No entanto, o tempo dá a justa medida de nossas atitudes e escolhas.
Por isso, amigos ambientalistas, ativistas, idealistas enfim, não desistam.
Nosso sonho é uma das poucas coisas verdadeiras que nos restam, nesses dias de "capitalismo selvagem", ou melhor dizendo, "capitalismo predatório e suicida", já que o Homem é o único Ser Predador da Mãe Terra e de Si Mesmo.
Quisera pudéssemos expulsar de nosso cerrado, matas, florestas, câmara, senado, aqueles que cometem sacrilégios e pecados, assim como Jesus expulsou aqueles que comercializam nos templos, na Casa do Pai.
Mas nada passa despercebido aos Olhos do Criador.
Muito será pedido a quem muito foi dado.
Os "Césares" de hoje serão ruínas amanhã.
Nem o exemplo de Jesus e sua renúncia em nosso favor foram o suficiente para aplacar a ganância dessas almas dignas de dó.
E ainda pronunciam o nome de Deus, imaginando cobrir suas tramas perversas e monstruosas.
O sol, no entanto, ainda se levantará, diluindo a escuridão, mesmo que muitos tentem disseminá-la.
Um único canto de pássaro será o suficiente para calar a motoserra da insensibilidade e o trator de esteira da ignorância.
Assim Seja. Amém.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Mensagem de Natal

DESEJO A TODOS UM FELIZ NATAL E UM ANO

NOVO MAIS COMPROMISSADO COM O
NOSSO ESTADO DAS MINAS DAS ÁGUAS GERAIS!!!
DE UM POVO SIMPLES,
ACOLHEDOR, MATREIRO,
MAS QUE DEVAGAR ESTÁ SENDO EXTINTO...
ASSIM COMO NOSSO CERRADO,
NOSSAS MATAS,
NOSSAS VEREDAS,
NOSSAS CANTORIAS
EM NOITE DE LUA CHEIA,
AO RABO DE FOGÃO ,
DAS FAZENDAS,
CONTANDO HISTÓRIAS DE ASSOMBRAÇÃO...
MINAS CORAÇÃO DO BRASIL...
UAI QUE LUGAR É ESSE MOÇO?
TÁ VENDO AQUI ESSAS CRATERAS...
ESSES BURACOS FUNDOS COM
LAGOS AZUIS SEM FIM...
POIS AQUI SEU MOÇO,
VIVIA UM POVO MUITO
HOSPITALEIRO,
MUITO BOM, AMIGO E IRMÃO,
QUE DE TÃO BÃO ,
ABRAÇOU O INIMIGO
SEM SABER QUE HAVERIA
DE TER SEU LUGAR
TRITURADO,
CONSUMIDO,
DESTRUÍDO
SEM DÓ
NEM PERDÃO!!!!
DORINHA ALVARENGA

sábado, 4 de dezembro de 2010

Mudanças no Trânsito de Uberaba. Para melhor ou pior?


Zig-Zag (internet)

Itinerário: Bairro São Benedito em direção ao Bairro Grande Horizonte. O que antes era um simples gesto, agora parecia um labirinto. Via rua da Medalha? Trânsito impedido. O jeito é ir pela Conceição das Alagoas, contornar a rotatória da Medalha, subir paralelo à Rua da Medalha, virar à direita... e virar à esquerda, retomando o antigo caminho? Mas não, era contramão, também. Então... seguir até o Supermercado Guarato e virar à esquerda... mas que sinalização era aquela? mão inglesa? Só então chega-se ao Centro Administrativo para chegar ao destino. Meu Deus, que maratona, que zig-zag, e o consumo de combustível, além do necessário, nem se fala. Isso para citar um só exemplo, dentro de dezenas, centenas.

Como ambientalista fico lembrando das trilhas que os animais fazem no seu habitat. Geralmente são os mais óbvios e simples. Deveríamos seguir a sabedoria, ou instinto, como queiram, de nossos irmãos da natureza.

Há tantas outras prioridades em nosso município. Sinceramente, não sei qual a verdadeira pretensão de todo esse "contorcionismo" terrestre. Com todo respeito ao executivo, técnicos e profissionais contratados nessa questão, mas uma mudança em grande escala como se tem feito, deveria no mínimo ser objeto de uma audiência pública, uma consulta prévia à população, com análise de caso a caso para só depois ser implantada. É dinheiro público que está sendo gasto, não se esqueçam. Não se mexe assim na vida das pessoas, nas atividades comerciais, na rotina escolar, e tantas outras situações do nosso dia-a-dia de modo tão impositivo, para não dizer autoritário.
Embora muitos têm reclamado das mudanças, até solicitando reunião com o Prefeito, sou um pouco discrente que a PMU vá voltar atrás.

Recentemente protocolei reclamação no Ministério Público quanto ao transporte coletivo, que também teve mudanças para pior: impossibilidade de integração em várias linhas, a não ser que se aguarde 1 ou 2 horas no ponto; ausência de cobradores em várias linhas, dificultando o trabalho do motorista e aumentando as chances de acidente; limite de tempo para utilização do cartão estudantil, entre outras reclamações. A notícia, porém, que tive de reunião da Associação dos usuários com a Prefeitura, via MP, é que meus questionamentos foram considerados "loucura" por representante do executivo.
É realmente "loucura" esperar 2 horas para um coletivo passar no Conservatório de Música no período noturno. É mais fácil ir à Uberlândia do que deslocar-se entre os bairros em Uberaba.

Se eu fosse vereador iria propor uma lei que obrigasse o Prefeito e Secretários se locomoverem, ao menos 1 vez por mês, via transporte coletivo. É muito fácil transitar de carro oficial com ar condicionado e motorista, quando nós simples mortais cidadãos somos "obrigados" a enfrentar uma luta diária para simplesmente trabalharmos, já que lazer geralmente não podemos ter, visto que nos finais de semana é melhor ir à pé a esperar o transporte coletivo.
Quando achamos que "pior não dá pra ficar", como disse o Tiririca, somos surpreendidos. Isso é Brasil.

A Caminho dos Covoais é lançado na UFTM

Ricardo Urias, Carlos Perez, Vice-Prefeito Paulo Mesquita e seu filho Paulinho.

"A Caminho dos Covoais" é um projeto de educação ambiental da ONG Geração Verde que utiliza o Fundo do Meio Ambiente, e conta com o apoio da Promotoria do Meio Ambiente e da Secretaria de Meio Ambiente e Turismo, além de empresas locais.
Os covoais são formações geológicas de solo hidromórfico, funcionando como uma esponja, e que abastece afluentes e rios.
A região do Rio Claro, que tem sido transposto em períodos de seca, é predominante em covoais. Um dos sérios problemas é o avanço da agricultura sobre essas áreas, comprometendo esse ecosistema, além da utilização de agrotóxicos, envenenando suas águas e toda vida que dela depende, inclusive a nossa.
Destaque para as falas de Ricardo Urias-Geração Verde, Promotor Carlos Valera, Secretária de Meio Ambiente e Turismo Renata Mesquita, do Vereador José Severino e do Vice-Prefeito Paulo Mesquita.
Um dos objetivos do projeto é transformar as áreas de covoais de nosso município em Unidades de Conservação, conforme citou a Secretária de Meio Ambiente e Turismo.
Essa medida pode também estender-se a municípios vizinhos, através de parcerias com o Estado.
Aliás, as Unidades de Conservação tem sido uma das pouquíssimas saídas para o meio ambiente em nosso país, por isso, sua ampliação deve ser focada ao máximo.
Estiveram presentes inúmeros ambientalistas. 
Em nome do movimento ambientalista agradeci ao Vice-Prefeito Paulo Mesquita pelo seu Projeto de Lei nº 23/2010 que acata determinação do Ministério Público em defesa do Plano Diretor e Lei Orgânica do Município que proíbe a monocultura, principalmente a cana-de-açúcar no perímetro urbano, e pedi aos vereadores que aprovassem o projeto.
Betânia, representando a ONG Anga de Uberlândia, veio prestigiar o evento.
Parabéns a ONG Geração Verde pelo brilhante projeto e pela história de luta em defesa do Meio Ambiente e de um mundo mais sustentável.



Charge do Toninho

Charge do Toninho

"AQUILO QUE NÃO PODES CONSERVAR NÃO TE PERTENCE"

Excelente frase divulgada na coluna FALANDO SÉRIO de Wellington Ramos do JM. Espero que muitos ruralistas e políticos a tenham lido.